quarta-feira, 12 de agosto de 2009

O RELATO DA DOULA


Estou em dívida comigo mesma... Até hoje não acabei de parir meu relato do parto do Caio... Comecei há um tempão, e depois deixei ele lá... nem voltei a ler! Parece que estou me sabotando, que não quero "congelar" aquela memória em palavras, é estranho! Ao mesmo tempo, sempre penso nisso, é uma coisa que quero e sinto que tenho que fazer... Ambíguo, eu sei. Mas, quem não é?

Toda essa divagação é porque minha doula querida publicou esses dias no blog dela o relato que ela fez há mais de um ano atrás da nossa 'doulagem', e nos deu de presente no dia em que fizemos a comemoração dos 3 meses do Caio com uma festança deliciosa, seguindo a tradição de alguns povos que consideram essa passagem dos 3 primeiros meses como um marco para o bebê, a completude de sua gestação, o momento real de sua conexão com o mundo de cá...

Ai, lá vou eu me perdendo nas histórias... Não é da festa que quero falar, mas do relato que ela fez: ficou tão bacana, tão detalhado, que, ao reler agora, um ano e quatro meses depois do nosso parto, cheguei a lembrar até dos cheiros daquele dia... E chorei à beça, claro. E fiquei absolutamente motivada a finalizar meu relato, (mas não vou colocar prazo, que da outra vez eu coloquei e não cumpri). E fiquei com vontade de engravidar e parir de novo. Rá!

Então, quem quiser conhecer um pouquinho a história do parto do Caio, contada do ponto de vista de uma doula porreta, dá um pulinho LÁ NO BLOG DELA, e depois me conta o que achou...

[E, aproveitando a deixa, um toque para as grávidas, tentantes e simpatizantes que me lêem: ter uma doula ao nosso lado ao longo da gestação, do parto e do pós parto é tudo de bom, meio caminho andado para que as coisas aconteçam da forma como desejamos e sonhamos, tanto no parto quanto na amamentação! Recomendo totalmente. Não sei nem dizer se minha doula, que virou amiga, foi mais importante durante a gravidez - quando nos apoiou e nos muniu de mais informação e confiança para conquistarmos o parto que queríamos; o parto - quando, serena, fez de um tudo para tornar aquele momento ainda mais especial e tranquilo; ou o pós parto - quando me deu conforto afetivo e me ensinou várias coisas sobre amamentação... Interessou? Para saber mais sobre doulas aqui no Brasil, e onde encontrar uma perto de você, passe AQUI , AQUI e AQUI.]


a fofa me massageando durante o trabalho de parto...


curtindo serenamente a primeira mamada do Caio...


e lavando a louça depois de tudo!!!
Precisa falar mais alguma coisa??

13 comentários - clique aqui para comentar:

Lia disse...

Muito lindo o relato da sua doula. Foi bem legal conhecer o trabalho desse tipo de profissional. Também quero um parto normal, com o mínimo de intervenções possível (minha médica tem me respeitado até agora; só fiz um exame de sangue e ultrassom, só preventivo). Mas acabei optando pelo hospital, até por causa da incompatibilidade de RH. Assim que o bebê nascer, quero que façam logo o exame de tipagem sanguínea dele e vou estar com o braço estendido pra receber a Rhogam!

Vânia C. R. Bezerra disse...

Oi linda!
Ai ai... também fico com muita saudade! Eu tenho essas fotos, guardadinhas com muito carinho. Vê-las novamente deu um gostinho de quero mais! Eu adoro minhas "adouladas", adoro vocês e adoro o que eu faço! Rsrsrs

Beijos e abraços,

Vânia.

Dani disse...

Bonito heim Thaís... Linda sua historinha de parto! Me emocionei! Amo ler histórias de parto! mas ainda não tive coragem, ânimo, sei lá o que, para contar a minha! Será que é isso que vc falou? Que a gente quer congelar esse momento? Beijo, querida! Dani

Patrícia Boudakian disse...

ai menina, vim aqui responder a sua pergunta e me pego emocionada ao ler tanta coisa bonita. poxaaaaa!!!! quero ser mãe tb e quero uma doula fofa como esta!!!

sou irmã da Pérola, sim! outra fofa. vamos marcar um dia um passei com os pequenos e nos encontrarmos finalmente?

super beijoooo!

dannah5 disse...

Muito legal seu texto Thais, realmente esse apoio eh muito bom e importante, eh tao corrida a vida hj em dia, a familia que poderia ate ter um papel assim mais participativo ja nao tem mais tempo, entao acho q a doula funciona como uma maezona experiente que ajuda a superar todas as duvidas e medos.
Eu acho lindo o parto normal, adoraria ter podido ter um, mas infelizmente aqui meu historico de pre eclampsia gerou complicações, mas fico muito feliz por quem consegue e acho importantissimo incentivar as mulheres a perderem o medo com algo tao natural, ate pq a cesarea eh maravilhosa, quando necessaria, graças a ela quando as complicaçoes ocorrem nós temos chances de superar, mas eh uma cirurgia e nao deveria ser opcional. Uma pena, ne?

vou ler depois o blog da sua doula, lindas as fotos!!

beijocas

Luíza Diener disse...

ai meu deus! depois quero ler tudinho com calma!
parto domiciliar deve ser demais!

bjos

Renata disse...

Nossa, menina...me acabei de tanto chorar. Que coisa mais linda que foi o nascimento desse pequeno.
Que pessoa mais tranquila e abençoada que vc escolheu para estar ao seu lado. Adorei! E como assim lavou a louça depois de tudo?? rsrs!
beijos, Re

Dani Garbellini disse...

Fui lá, li o relato da doula. Lindo!
Agora vou ficar esperando o seu... heheheh
Bjs

Flavia disse...

Passei por aqui várias vezes correndo, e só agora tive tempo de ler o relato da doula com calma.
Adorei! Lindo!
E eu esqueci de colocar no meu, mas o parto da placenta tbm foi meio demoradinho. risos...
é uma delicia poder reviver esses momentos. é uma pena que muitas mulheres tenham medo de parir. Porque é uma experiencia fantastica poder estar presente ao 100% de corpo, alma e coração nesse momento tão importante que é o nascimento de um filho.

Parabéns! beijos

BLOG DA GRÁVIDA disse...

ADorei ler o relato da doula, mas estou curiosa pra ler o seu! Beijo!

Pérola disse...

Querida,
Tô fazendo uma bate papo com mulheres da blogosfera super porderosas...rs
Convido vc para falar sobre alguma coisa que vc goste ou que considere importante na humanização do parto.
Vou colocando um texto por semana.
Topa?
Vc pode enviar para o boudak@gmail.com
Super beijo!
Pérola

Fudeu, tô grávida disse...

Nossa eu não teria coragem de fazer parto assim, mas admiro quem tem! O meu foi cesária, mas foi ótimo, correu tudo bem e minha recuperação foi bem rápida.

Adorei o blog e já estou te seguindo. Depois passa no meu, não tem muita coisa ainda, mas adoraria que vc participasse dele.

beijos =****

mabel disse...

I recently came accross your blog and have been reading along. I thought I would leave my first comment. I dont know what to say except that I have enjoyed reading. Nice blog. I will keep visiting this blog very often.

Lucy

http://maternitymotherhood.net