sábado, 22 de agosto de 2009

MEU PEQUENO TIRANO



Uma das primeiras palavras, que o Caio aprendeu a falar foi "NÃO". Imagino que muitas crianças devem aprender rápido essa palavra: é fácil, sonora, e muito utilizada por nós, pais, mesmo que insconscientemente, quando as crianças começam a se aventurar pelos cantos pouco seguros ou menos permitidos para elas. No começo era aquela coisa bonitinha, meio sem nexo, sempre acompanhada do respectivo movimento de cabeça. Logo depois, ele começou a entender os momentos em que a palavra fazia sentido, e o "NÃO" passou a ser um grande desafio para ele, para demarcar seu espaço, para fazer valer sua vontade, para se comunicar de variadas maneiras conosco.

Agora, ele começa a explorar combinações de palavras, e a primeira expressão que ele soltou foi um sonoro "NÃO TÉ!" (tecla sap: não quero!). A gente não acreditou! Primeiro, porque é uma emoção ver um serzinho desse tamanho descobrindo as palavras, a comunicação verbal. Segundo, porque pensa bem, aquela criatura que até outro dia estava dentro da sua barriga, de repente vira pra você toda cheia de vontades, do alto de seus poucos centímetros, e já diz o que não quer!!! É fascinante.

De todo modo, o carinha é esperto. Antes que a gente comece pensar que ele estaria se transformando em um pequeno tirano, ele se redime: na época do "não", logo em seguida começou a falar mamã, papá e fofó, derretendo os corações que nem ligavam quando ele gritava NÃO em alto e bom som bem na hora da papinha...; e agora, coladinho ao "NÃO TÉ", o malandrinho começou a falar "BOITE" ("boa noite") antes de dormir e, outro dia, saiu correndo do quarto onde estava comigo, parou bem na frente do pai e gritou, todo carinhoso: "BO DIA" ("bom dia")!!! Não preciso nem dizer como a gente ficou, né?

Daí, que concluo: meu pequeno tem seus dias de tirano, sim, mas digamos que faz mais a linha populista... Rá!

14 comentários - clique aqui para comentar:

Fudeu, tô grávida disse...

Ai q lindo, mal vejo a hora da minha filhota começar a pronunciar as primeiras palavrinhas, rsrsrsrs. Me disseram q não é legal corrigir as crianças nesta fase de aprendizado, vc sabe açgo sobre isso???

Renata disse...

Bom dia foi pra derreter o coração...lindo!

Paloma, a mãe disse...

Heheheh, fofo! Geralmente eles são mais populistas que tiranos mesmo. Mas tirania mesmo é quando começam a querer mandar na gente.

R o s e l e n e disse...

Thais Rosa, "bo dia"!

Demorei pra vir dizer que adorei encontrar seu comment no meu blog, é que os últimos dias foram daqueles.

Sim, sou arquiteta, trabalho como analista de projetos das escolas estaduais e AMO LinaBo. E ainda vou continuar aquele post da Lina, que me fez pensar em coisas mamíferas. Bom, digamos que eu tenho idéia fixa, eh eh.

Adoro encontrar parto-aleitólatras arquitetas e adorei vc e seu blog de cara. Obrigada pela visita, apareça sempre. Superabraço! :o)

BLOG DA GRÁVIDA disse...

Político nato seu guri!!Hahahaha...um sedutorzinho :0)

Mãe do Pitoco disse...

Que fofura! Estou derretida por Caio! Ele realmente tem vocação para populista! Caio Vargas! hahah Beijocas nos dois...

Dani disse...

Caio do céu! Fala para sua mãe colocar um filminho seu, falando assim, todo pimpão! A Tia Dani aqui já se derreteu lendo a história que a mamãe colocou no blog!
Thaís, uma das fases mais fofas dos pequenos é essa né...quando eles começam a falar...ai...muito fofo!
Ah...aqui em casa, uma das primeiras coisas que Nina aprendeu também, foi falar não para a comida!
Ah 2...vi mesmo que vc não comentou nada sobre a Jamile e a Eleonora! Aí fiquei pensando que deveria ser outra Jamile de Sào Carlos que deu palestra! Rá!
Tenho o endereço e o tel. da Leo. Se você quiser me passa um email que eu te mando. Ela e a Helena são fofas demais! Foram muiot importantes na minha gravidez. Tenho um carinho enorme por elas.
Outro dia te conto a história do meu parto!
Beijo! Dani

Flavia disse...

Faço coro com a Dani:
video, video, video!

obrigada pelo comment lá no relato... eu não tenho quase amigas com bebês aqui na Espanha, (os priminhos do João moram na Italia) e sinto falta tbm de ter amigas cercanas com essa identidade não só do parto, mas principalmente de modelo de criação.

Sorte que existem os blogs!.

Vem me visitar, qdo vc quizer. Bjo

Letícia Volponi disse...

Que figurinha. Essa fase cheia de autonomia é realmente um encanto. E os sacaninhas sabem a dose certa entre a auto-afirmação e a chantagem emocional...

piscardeolhos disse...

Sabe que eu já tenho uma dificuldade enorme em não morder as bochechas do filhote, cada vez que tenho um minuto de fofura? Pois depois que li seu post vi que a coisa vai ficar ainda muuuuito pior. Como assim BO DIA?!!!! E como vc se segura pra não apertar esse populistinha??
Ai, segura esse coração (boboca) de mãe.
Beijos!

Paloma disse...

vc vai ver quando ele soltar um 'eu te amo'...hehehh...
mas é legal quando eles começam a demosntrar personalidade e vontades. deixam de ser nossos bebês pra se tornarem pessoinhas mesmo! Isa não tem nem 3 anos e é cheia de personalidade. bjo
Paloma e Isa

Danyelle Santos disse...

Ah, Thaís, que coisa mais fofa!!!
Aproveite muito essa fase e comemore cada frase produzida!
Eu tenho um Diário do Bebê onde anotava tudo que o meu Caio falava. Uma graça! Hoje pego pra ler e acho o máximo ver essa evolução.
Hoje em dia, anoto as pérolas que ele solta. Criança diz cada coisa!
Quero ter tudo registrado!
Beijocas!

Nathalia E. Strutzel Pádua disse...

que fofooooooo !!!!!
é muito bom ouvir eles soltando as primeiras palavras....
temos que aproveitar !!!!!
bjs

Rebeca disse...

Olha o diálogo que tá rolando aqui sempre:

Pai: João, papai te ama.
João: Ama não.
Pai: Ama muito.
João: Muito não.
Pai: Ama demais.
João: Dimais não. Ama mamãe.

Ele me ama ou o pai me ama? Segue o mistério...