quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

SANGUENOZÓIO: ALGUM RETORNO??


Então, gentes, lembram do "movimento sanguenozóio", iniciado pela Mari? Pois bem: eu não tive NENHUM retorno dos parlamentares a quem enviei mensagens. Mas nem aquela respostinha clássica: "sua mensagem foi recebida, retornaremos assim que possível". Nada, nadica.

Nesse meio tempo, fiquei sabendo do Projeto de Lei do Senador Cristóvam Buarque, propondo o mesmo reajuste aos professores das redes públicas. Tem inclusive um abaixo-assinado ciculando na net, quem quiser assinar está aqui (eu assinei!).

Mas o melhor mesmo eu fiquei sabendo hoje, e foi o que me motivou a escrever novamente sobre o assunto aqui. É que recebi outro email da Erundina (rá!) sobre um Projeto de Lei incrível que ela apresentou à Câmara, propondo que qualquer ato legislativo referente aos salários e demais vencimentos dos parlamentares somente seja aprovado após passar por referendo popular. A-R-R-A-S-O-U.

Pra quem se interessar, aqui está a notícia na íntegra, e aqui o Projeto de Lei, cujo andamento a gente pode e deve acompanhar, pois vai de encontro à nossa indignação. E um salve às mulheres no poder! (pelo menos àquelas que nos honrarem...)


6 comentários - clique aqui para comentar:

dani58 disse...

Oi Thaís,
Tem enviei um email, respondendo o que você me perguntou lá no blog.
Você recebeu?

Nine disse...

Oi Thais, por aqui nada também, nem aquela mensagem básica de "recebemos sua mensagem", nem ao menos daqueles parlamentares que eu elogiei, tsc...tsc...

Beijos,
Nine

Tathyana disse...

O problema é que para ser aprovado, esses projetos precisam ser votados pelos próprios. E infelizmente eles só querem garantir os próprios benefícios. bjsss

Anna disse...

Enquanto isso ameaçam cortes no orçamento e torneira fechada pra aprovar o reajuste no salário mínimo.

Vá entender essa lógica...

:(

Paloma, a mãe disse...

Votei no Cristóvam e, se estivesse em SP ainda, votava na Erunda. Arrasou mesmo!
Beijos

P.S. Ah, quem começou o movimento foi a Roberta, do Piscar de Olhos.

Mari disse...

nenhuma resposta por aqui também... canalhas!
de repente é o caso de espalhar por aí esse projeto da Erundina e tentar fazer uma pressão pela aprovação (sonho meu), né?
ah, sei lá. difícil não desanimar... mas sigamos tentando!
(acabei de ler lá em cima que vem mais um garotão por aí... parabéns! adorei sua colocação sobre sobre papéis masculino e feminino, tô encarando esse desafio por aqui também. percebi que reforço um monte de esteriótipos sem nem me dar conta, apesar do meu discurso super liberal. vou tentar prestar mais atenção a partir de agora...)
beijo!