domingo, 31 de janeiro de 2010

A PRIMEIRA NOITE FORA COM PAPAI OU DEPRÊ DE MÃE



Depois do primeiro dia juntos longe da mamãe, da primeira semana sozinhos em casa enquanto a mamãe viajava e da recente iniciação ao futebol à distância da mamãe, agora pai e filho foram passar a primeira noite fora de casa sem a mamãe... Ó céus!

Pior é que fui eu que pedi: Dani ia pra Campinas fazer compras pra obra, eu tenho que trabalhar amanhã, ele topou fazer malabarismos para levar o filhote (valeu, amor!!), a vovó topou ficar com o pequeno (brigadão, vovó!), e tudo se resolveu. Levei pai e filho até Rio Claro para encontrar os super avós, e, na volta, se não fosse Chico César a mamãe aqui tinha embarcado numa bad trip, vontade de pegar o primeiro retorno e sair correndo atrás deles: "péraê, eu vou também!!". Me contive, chorei um pouquinho e fiquei pensando em como sou molona, como choro por tudo, imaginando que tipo de mãe eu serei quando meu filho for adolescente, homem feito... Concluí que serei igualzinha a minha mãe: ela chorava quando eu voltava aos finais de semana para a faculdade, e chora até hoje, quando Caio vai embora da casa dela. Serei IDÊNTICA, tenho certeza. (chora não, hein, mami...)

Até que me aguentei forte na estrada. Mas quando cheguei em casa, aquela penumbra do fim do dia, uma lâmpada queimada na sala, chovendo lá fora e aqui dentro fazendo tanto frio, brinquedos espalhados pela casa inteira, a casa vazia... não me aguentei, abri o maior berreiro mesmo, me consolei feito louca com a Taipa (nossa cachorra!), e agradeci aos céus por não ter uma barra de chocolate por perto, porque senão o regime da semana toda teria ido pro saco. Mamãe em momento deprê-master, foi foda. E aí, como não tinha chocolate, meti a cara no trabalho, afinal foi só por isso que liberei a noitada dos meninos.

Imagem daqui.

19 comentários - clique aqui para comentar:

Paloma disse...

A saudade dói mesmo. Mas tente ver o lado bom de estar só. Você conseguiu fazer seu trabalhos, eles passearam juntos, é importante pra todo mundo. bjo
Paloma e Isa

Cath disse...

Nossa Thaís! Deve ser dureza! Mas imagino que deve ser uma sensação muito boa ver pai e filho tão unidos!
Ainda estou na fase em que o Matheus depende totalmente de mim! Então não vejo a hora desses momentos que você tem descrevido tão bem começarem a acontecer.
Beijos para vocês

Journal de Béatrice disse...

Tahis!!
Antes de mais nada, bom ano de 2010 pra vc, que ja começou com as saidinhas sem o Caio!! Eu estou acomapanhado tudo, o negocio é o tempo para postar, estou na correria daquelas, ser dona de casa e mãe de uma pequena que quer ficar de pé e andar (como não temos andador, ja viu, tenho que estar grudada nela o tempo todo!). Imagino o aperto no coração de ver a casa com os brinquedinhos espalhados, ate eu ficaria desconsolada! Mas, por outro lado, a gente tem que aprender a se "desgrudar" (mas so um pouquinho, eheheh), para aproveitar um pouco mais as coisas e, ate mesmo para namorar o maridão (como vc ja escreveu no outro post!). A sorte sua que os super vovos estao por perto... Eu aqui ja fica beeeem mais dificil... Ai ai... Beijo grande :)

Flavia disse...

Eu tambem faço parte do time das choronas...

mas cada vez, desfruto mais do dia "deles".

Sabado passado tambem foi dia dos meus "meninos" sairem sozinho. Mas eu fiquei bem feliz em casa sozinha. Puts... tava precisando, demais desse dia de descanso.

Beijão!!

Kelly disse...

Puxa, onde você mora? Morei 1 ano em Iracemápolis pertinho de Rio Claro, minha irmã ainda mora lá. beijos

Dani disse...

Thá...doeu aqui!!!!
Como a gente não sabe viver sem essas criaturinhas né!
Beijo, querida!
Dani
PS: Thá...pelo jeito só tá fantando a gente nessa onde de segundo rebento! Viu a Mari?!

Dany disse...

Nossa! Eu pareço muito com vc!!!
Nossos Caios têm mães melosas e choronas! rs

Mãe do Pitoco disse...

Ai, Deus! Vai entender cabeça de mãe, né? A gente é meio confusa às vezes, né? hahahaha Mas aí reside todo nosso charme. hahaha

Mas é o que vou fazer agora com Pitos na creche: meter a cara no trabalho, afinal, foi para isso que ele foi matriculado e, é claro, pelo seu próprio bem, já que demonstrava sinais claros de tédio dentro de casa. Precisava mesmo compartilhar momentos com amiguinhos e adultos outros que não papai, mamãe e avós. Acho que ele está indo muito bem eu é que ainda estou me adaptando. hihi

Pode mandar o e-mail, sim, que a gente troca figurinhas sobre o desfralde.

Beijocas

piscardeolhos disse...

O problema foi a lâmpada queimada na sala e o chovendo lá fora, hehehe...
Ainda bem que existe a Taipa (and keep that chocolate away...)
Beijão!

Letícia Volponi disse...

putz, fiz coisa parecida recentemente. maridão saiu com a filhota a meu pedido e eu tive um treco por me sentir absolutamente cruel de pedir que ele a levasse com ele para que eu dormisse tranquila uma tarde que fosse.

Mãe do Pitoco disse...

Oi, Thais! Ai que saudade de seus posts frequentes, tem mais não? Quero regularidade, tipo dia sim e dia também. hahahaha

Vc perguntou quanto ao desfralde na creche. A princípio, a coordenadora pedagógica pediu para que ele começasse a desfraldar no colégio somente quando já estivesse numa fase mais avançada dos treinos em casa.

Isso a princípio, pois sexta-feira passada ele estava em crise na alergia a fraldas, então tinha pereba pelo corpo todo. A mulher ficou desesperada e pediu para as professoras iniciarem o desfralde na semana seguinte (hoje), só com ele mesmo, sem esperar o grupo amadurecer.

No entanto, no fim de semana pensei melhor no assunto e resolvi deixar para começar a desfraldá-lo na creche somente depois que ele estiver pelo menos aceitando ir ao penico sem reclamar. Agora ele resolveu que só vai quando quer. Apesar de sempre dizer quando quer fazer xixi, na maioria das vezes, ele foge do local apropriado para fazê-lo.

Então farei treinos em casa nesta semana e no Carnaval. Depois deste período, se ele não estiver tão rebelde quanto ao penico ou ao vaso, eu peço para as tias iniciarem o processo por lá também. Se ele ainda estiver resistente, espero mais um pouco, pois tenho receio de ser muita informação para ele.

Pergunte à creche do Caio se já tem um grupinho na sala dele pronta para o desfralde. Se as tias já detectaram este grupinho, será mais fácil para vc, pois é só acompanhá-lo. O problema, no meu caso, é que a creche do Pitoco prefere começar os treinos no segundo semestre, que é quando a maioria deles já está próximo ou já completou os 2 anos.

Quanto ao mamá, obrigada pelas palavras tranquilizantes, viu? Ontem fui colocá-lo pára dormir à noite sem ele estar com a boca no mamá, para que ele acostumasse a dormir sem meu peito e foi uma baita guerra, uma loucura! Ficamos 40 min tentando até ele cair no sono. Ufa!

Mas a luta continua, companheira! Escreva mais que estou adorando esta troca de figurinhas! hihi

Beijos

Nana Papel Criativo disse...

Ai, a gente fica torcendo pra ganhar uma folguinha deles! E qdo conseguimos, depois de 15 min começa a bater um vazio, um tédio, uma saudade sem fim!!! Sei bem como é isso... :)

Tô passando para divulgar meu trabalho: design personalizado para crianças!

Estou atualizando e ainda tem muita coisa legal pra colocar.... mas já dá pra ter uma idéia :)

Bjsssss Nana - Papel Criativo

Anônimo disse...

oi thais... agora posso falar que é a fer mãe da maria flor neh, não que tenha perdido o titulo de irmã da ju but...
então, o caio não mama mais? não li nada a respeito ou estou muuuuuuuuuuuuuito desatualizada? beijo e queijo fe e flor

Nina Fiuza disse...

Menina, adorei o seu blog. Ainda quero ler mais posts antigos. Compartilho das suas angústias... somos todas farinhas do mesmo saco. Quer dizer, pelo menos nós duas somos. Passe no meu blog e leia os posts sobre maternidade e educação. Acho que vc vai se identificar tb. Estou seguindo e linkando, ok
Beijocas

Vânia C. R. Bezerra disse...

Olá! Duas semanas sem blogar imagino que a correria esteja cada vez mais apertada. Mas que bom que a nova casa já está em andamento, e vcs estão indo tão bem. Quanto ao choro... vou te contar: pensei em fazer um curso/vivência espiritual em janeiro... desisti pq teria que ficar 5 dias em falar com o Fe... deixei pro ano que vem... há!

Mãe do Pitoco disse...

Tha, neste feriadão do Carnaval, como Pitos está muito agarrado a mim e a alergia dele piorou, não quis deixá-lo nervoso, então dei mamá para ele dormir, ou melhor, dei mamá para ele ficar chupando até cair no sono, porque eu sempre deixo ele mamar antes de dormir, ainda que não adormeça com a boca nele.

Eu preciso cortar o hábito dele dormir com a boca no mamá porque tb preciso que ele mame menos. Atualmente, com 1 ano e 4 meses, quando estamos em casa sozinhos, ele praticamente mama o tempo todo, então preciso dar um limite, pois estou fazendo um tratamento para endometriose e preciso que meu útero contraia menos, ou seja, preciso de menos prolactina no meu organismo, portanto, menos fabricação de leite.

Minha intenção é que ele continue mamando, mas três vezes ao dia, não a todo instante como vem fazendo. Vou tentando fazer no ritmo dele, mas nas duas primeiras vezes que tentei fazê-lo dormir sem mamar, ele ficou bravo, já na terceira ele dormia sem problemas. mamava antes e depois adormecia no meu colo, sem mamar. Mas entendo completamente seu ponto de vista e sei o que vc quis dizer sobre esta fase ser mais difícil e adiar o corte do mamá noturno poderia ser uma opção, sim, se não fosse este exagero de mamadas e o meu tratamento, que não posso adiar mais, pois minha vida fica uma loucura com tantas cólicas.

Depois me conta sobre a creche nova do pequeno e como vem sendo o desfralde. Por aqui, nesta semana de tanta novidade para ele, deixei-o sem fraldas em alguns momentos mas, na maior parte do tempo, estava com elas devido a uma diarréia persistente. Vamos ver se é verme e se são eles que estão causando alergia.

Beijocas nos dois e estou adorando as figurinhas

Sílvia Rosa disse...

Ué, cadê você e suas histórias para eu acompanhar o que se passa com meu bebe??? Um mês sem escrever nadinha?????????? Já dei com a cara na porta umas cinco vezes, até que resolvi vir aqui protestar!! Beijo!!!!!!!!! Saudades de vocês!! Sir

piscardeolhos disse...

Oi, Tha, querida! Respondi seu comentário lá no post mesmo, tá bom!?
Beijo e VOLTA!!!

Anônimo disse...

DÓI MESMO, THAIS! E CHORE! NÃO FAZ MAL ALGUM SER CHORONA! EU CHORO COM TUDO TAMBÉM!
Chris (Coisa de mãe)