quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

DA SÉRIE: DELÍRIOS DE MÃE


Desde ontem dei pra ter um desejo secreto de mãe. Talvez algumas de vocês me entendam, acompanhem só.

Depois de alguns dias fora a trabalho, desde sexta passada estou grudada no Caio e ele em mim. Fazemos praticamente tudo que dá juntos. Ocorre que entre as rotininhas dele, as nossas brincadeiras e passeios, e as intermináveis sessões de cocoricó, há que se cumprir os afazeres domésticos atrasados - dentro e fora de casa: comida, compras, contas, etc. E lá vai Caio com mamãe fazer tudo isso.

Dia 1, ontem. Orçamentos para obra da casa-própria. Xerox de documentos. Pagamento de contas. E antes que desse tempo de chegar ao supermercado o pequeno já estava dormindo no carro. Voltamos para casa e o resto ficou pro dia seguinte. Mamãe improvisou o jantar com o que tinha em casa.

Dia 2. Solicitar ligação de água para a casa própria (1 hora e meia esperando, em uma repartição pública, e Caio deu show de bom comportamento, me acabei de tanto orgulho). Pagar aluguel. Buscar homeopatia. Comprar ração. E antes de conseguir chegar ao sacolão, novamente o filhote já dormia no carro. Me virei estacionando o carro, com ele dormindo mesmo, em frente a uma rotisseria e comprei um jantar pronto.

Daí, que essa sequência de fatos me fez matutar o tal desejo secreto: porque não inventaram ainda um mercadinho delivery, um sacolão drive-thru, hein, gente??? Já pensou que sonho, a mãe poder estacionar o carro com o filhote dormindo no banco de trás, pedir "1/2 kilo de peito de frango, 300g de abóbora, 2 pés de alface, 1 penca de banana", seguir para o caixa à frente, pagar, conferir a mercadoria e chegar em casa com o filhote dormindo, colocá-lo na cama e aproveitar a soneca pra preparar um jantarzinho delícia??? Alôu, Carrefour Bairro, tá dada a dica. Rá!

9 comentários - clique aqui para comentar:

Pérola disse...

Amei!!! =)

Dani disse...

Rárárá...me acabei de rir aqui Thaís e me lembrei da seguinte cena: eu, parada em frente ao açougue, fazendo gestos para o dono, tentando comprar 1 kg de bife, enquanto Nina dormia no carro. Menina, demorou uns 10 minutos para ele entender o que eu queria...e nem era tão difícil assim, né?!
Beijo!
Dani

Dany disse...

Adorei a ideia!!!

Letícia Volponi disse...

Nossa, concordo 100% com você. Dá o maior remorso acordá-los pra entrar no supermercado...

Avassaladora disse...

Bom, delivey não tem, mas aqui o sacolão entrega em casa... faço as compras por telefone... Já ajuda um monte!!!

Kelly disse...

Poxa Thaís concordo com você, já passei muitos sufocos como esses que você contou, deviam dar a tenção as nossas necessidades né rsrs beijos

Rebeca disse...

Oi Thaís! Idéia magnífica. Para mães de crianças pequenas deveria ter todo tipo de drive thru. Pensava nisso muito quando o Joca era menor. Na verdade tive tantas idéias de produtos e serviços para mães e bebês...pena que esqueci tudo: )

Flavia disse...

Aqui tambem os supermercados entregam em casa, dá pra fazer a compra por intenet... Eu ainda não consigo fazer a compra da semana assim... Mas comecei esses dias a comprar caixa de verduras e frutas biologica, por internet. Na segunda recebo minha primeira caixinha e estou super ansiosa...

bjo

Katarina Pesci disse...

Thaís, pode parecer mentira, mas sempre pensei isso (sempre falava pro meu marido tbm!)!! Agora o Tomás tem uma rotina estabelecida, super previsível, me programo pra ele dormir em casa, mas quando era mais bebê eu tinha esse sonho, pois era entrar no carro que ele dormia!
Muito legal seu post!!!