terça-feira, 16 de junho de 2009

INDEPENDENTE (ou MÃE NUNCA ESTÁ SATISFEITA)



Há pouco tempo, falei aqui da fase carrapatinho do Caio. Pois é, vocês bem que me avisaram, aquele grude passou (ainda que temporariamente, talvez). Ele ainda prefere - quase sempre - a mamãe aqui a qualquer outra pessoa, e tem suas fases de gatinho manhoso, mas agora posso ir ao banheiro sossegada sem que ele se desespere (não precisei nem usar a técnica da toalha na cabeça sugerida pela Rebeca! Ufa!).

Está tão soltinho o moleque, que ontem eu cheguei do trabalho toda serelepe, já esperando ele vir correndo pros meus braços e se jogar em cima do meu peito tentando arrancar minha blusa e falando "mamá mamá" e.......... ele nem tchuns. Olhou como quem diz "oi, você chegou? ah, tá, agora deixa eu continuar aqui com meus brinquedinhos"... Tipo: "nem senti sua falta". Fiquei A-R-R-A-S-A-D-A, vocês podem imaginar. Fiz micagem, insisti "filho, a mamãe chegou!!!!!!!!", me fiz de coitadinha "poxa, não vai dar nem um beijinho, um sorrisinho, um gritinho pra mamãe...", e ele me olhava e voltava a brincar. Não saiu do lugar. O pai, cruel, assistindo tudo e tirando sarro, e eu com cara de tacho. Quem mandou reclamar do carrapatinho...

Mas, enfim, melhor assim. Logo depois ele veio todo todo, querendo colo e mamá, e eu não me fiz de difícil, esqueci da humilhação anterior (!) e fui facinha facinha. Mais um aprendizado de que as fases vêm e vão, e que mesmo as mais chatinhas vão deixar saudade. E, provavelmente, vão voltar em algum momento. Enquanto isso, vou aproveitando essa fase menino-independente do meu bebê, não sem uma saudadinha antecipada (coisa de canceriana), já pensando nos muitos desprendimentos que estão por vir... E que venham, quero mais é que meu filho ganhe mundo, mas é bom ir me preparando desde já... rá!

Imagem: www.gettyimages.com.br

7 comentários - clique aqui para comentar:

Rebeca disse...

A gente fica assim mesmo, quer que eles sejam livres mas ao mesmo tempo queremos eles grudadinhos em nós. Eterno drama das mães...Agora aqui estamos na fase da manipulação. João tenta mamãe, depois mamãezinha e depois Ébeca. Quero que ele me esqueça mas só um pouquinho, entende?

Patrícia Boudakian disse...

que mocinho mais lindo seu baby deve ser... boa sorte com as fases... bj

Danyelle Santos disse...

Thaís, eles nos surpreendem!
Aconteceu uma coisa parecida comigo.
Eu vou p/ Buenos Aires em julho e estava cheia de dedos pra falar sobre a viagem com Caio (ele não vai). Quando falei com ele, ele disse: oba! vou ficar 5 dias sem escovar os dentes! rs
Eu sou meio general e sem a minha presença, ele acha que vai poder fazer o q quiser...
E eu fiquei arrasada porque ele nem ficou triste com o fato de ficar 5 dias sem mim. hehehe

JULIANA disse...

Vou te consolar!
Eles voltam mesmo! Meu irmão aos 35 separou da mulher e está que nem o carrapatinho no colo da minha mãe, hahaha!
E ela? Toda prosa de estar ajudando o filho!
Mãe é mãe pra sempre né?

Dani disse...

Que coincidência Thaís! Ontem cheguei aqui no escritório reclamando que não consegui me vestir direito porque a Nina ficava subindo nas minhas pernas...um carrapatinho! Ai...depois do que vc disse, que isso passa, vou é mesmo aproveitar esse grude! Nem vou ligar se eu aparecer descabelada por aí! Beijo! Outro para o Caio!

Flavia disse...

pois é amiga!
é sempre bom ir se preparando... só que eles sempre nos surpreendem, quando a gente se dá conta, já passou, já cresceu um pouquinho mais... e de repente... Cadê aquele bebezinho que passava o dia pendurado no meu peito??

Quero saber de tudo das novidades da madrugada. Hein?

beijo e bom fim de semana.

Renata disse...

Nem me fale...eu já sinto saudade de tanta coisa, que tenho certeza que vou sentir saudade até das coisas chatas!
Pelo visto está tentando desmamar na madrugada, né?? Boa sorte e depois conta como foi!
beijinhos e bom final de semana, Re