segunda-feira, 9 de agosto de 2010

EU SOU UMA MÃE DE VERDADE, E VOCÊ?


Sabe quando você passa o fim de semana inteiro grudadinha no filhote, curtindo em família? Então chega segunda-feira, e vocês acordam cedo, e brincam até o limite do horário de entrada na escolinha, e vão tomar um café da manhã especial juntos na padaria? E depois, na hora de deixar o filhote na escolinha, ele não quer ir, e chora, e você se despede dele assim mesmo, e se sente a pior das criaturas porque tem que deixar ele lá chorando e ir trabalhar? E aí você fica um trapo, e no caminho até o carro chora também, e chora ainda mais porque está naqueles dias? Pois é, hoje aconteceu isso comigo. Fiquei péssima.




Mas daí lembrei dessa linda campanha que conheci através da Flá e da Ombudsmãe e me confortei um pouco. Pensei que sou uma mãe de verdade, de carne e osso, e que nem tudo é perfeito e ideal como eu gostaria. E pensar na campanha me fez pensar na minha vida, na minha maneira de lidar com a maternidade, no que ando fazendo de bom e de ruim, no que ainda posso melhorar, no que tenho que aprender a lidar melhor... Essa campanha é bacana por isso, traz a realidade da maternidade, suas dores e delícias, para ser olhada de frente pela sociedade e por nós mesmas, mães. E as imagens são lindas, inspiradoras, nos põem pra pensar. Vale conhecer e assinar embaixo. Porque merecemos ser mães sem medo de ser feliz, e, acima de tudo, sem nos sentirmos culpadas e pressionadas por tudo o que fazemos ou deixamos de fazer. Embora, tenho certeza, vou chorar toda vez que tiver que deixar meu filho na escola chorando, porque tenho que trabalhar. Mas vou me sentir a melhor das mães quando puder deixar de ir trabalhar pra ficar brincando com ele, porque minha maternidade de verdade é essa, conciliar o filhote e o trabalho, em dias mais fáceis e flexíveis, e outros mais difíceis e rígidos. E vamo que vamo.

23 comentários - clique aqui para comentar:

Lia disse...

Hoje é meu primeiro dia sem Emília. Ela está lá na escolinha, e eu de sobreaviso, usando meus dois últimos dias de férias pra acompanhar a adaptação dela. É ruim mas é bom ver a independência que ela tem conquistado... Ser mãe também é isso, né? Saber se despedir...

Renata disse...

E o que vc narrou aconteceu comigo hoje. O André sempre dá uma choradinha às segundas, porque passou o final de semana no maior grude, mas hoje eu fiquei mal. Eu tinha que voltar logo porque a Nana não tinha mamado antes de eu sair e não pude dar um tempinho pra ele se "situar" lá na escola...voltei chorando pra casa...
Faz parte, né? Essa campanha é mesmo linda!
beijo procê!

* to mega feliz que vc voltou! eeee!

Ilana disse...

Lindo isso, ainda não tinha visto...
Eu morro um pouquihno cada vez que deixo meu filhote em casa chorando...
Ah, me apresentando: sou a Ilana, e já conheço seu blog faz tempo, mas nunca tinha comentado. Vou te linkar, ok?
Bjs

Carol P disse...

Lindo seu post. Eh isso ai nem todos os dias sao perfeitos, mas saber conciliar as coisas como vc faz eh que eh importante. bj

Nádia disse...

Oi, adorei conhecer seu blog!
Vou te seguir!
Eu tb tenho um blog sobre meus filhotes, e agora estou navegando à procura de outras mamães pra fazer uma amizade virtual!
Bjinhus!
www.mamaenadia.blogspot.com

Vanessa Datrino disse...

Olá! Encontrei vc na net e gostaria de te apresentar meu trabalho: www.datrinodesign.blogspot.com
Ficarei muito feliz com a sua visitinha!!!
Bjinhos,
Vanessa Datrino

Ju Chicrala disse...

Nossa adorei sua forma de encarar a realidade da maternidade neh! As vezes pensamos ter o controle de tudo, mas tem momentos que a vida nos faz dar passos, que o coração sente, mas é necessário. E quer saber, no final das contas, tudo contribui para ser uma família normal!! Basta lembrar do equilíbrio!
Um beijaoooo

luíza disse...

ai que delícia que é ser mãe!

Patrícia Boudakian disse...

Thaís, tô morrendo de saudade de você. Vê se não desaparece, viu!?

beijos

Dany disse...

Thaís, eu tenho que te agradecer por esse post. Sim, vc adivinhou o que estou precisando ouvir/ler...
E, sim, somos mães de verdade, de carne e osso. *lágrimas nos olhos*

PS: Acredite: até hj sofro por não poder estar com Caio durante mt tempo. E ele tem 7 anos!

Amigo Nicola disse...

Adorei seu blog! Esse texto me emocionou!
Aproveito para divulgar um blog cheio de atividades bacanas para a criançada:
http://blogdoamigonicola.blogspot.com/
Um abraço
Nicola

Recanto das Mamães Blogueiras disse...

Olá!
Estamos selecionando algumas mamães pra fazerem parte da equipe do novo blog “Recanto das Mamães Blogueiras”, onde as mamães irão falar sobre seu lado mulher, sobre como cuidam de si com tantos afazeres no cotidiano.
Estamos lhe convidando pra fazer parte da nossa equipe, gostamos muito do seu blog!
Ao fazer parte do Recanto das Mamães Blogueiras, você poderá divulgar lá seu blog pessoal, e assim mais pessoas conhecerão seu blog.
Se você quer se juntar a nós, escreva um comentário em algum post do nosso blog.
Esperamos você!
http://www.recantodasmamaesblogueiras.blogspot.com

Anônimo disse...

primeiro parabens mãe linda, segundo que estava com saudadona!!!!!mtos carinhos fe e flor :)

Flavia disse...

Ei gata! Quanto tempo! To um pouco out esses dias, o João de férias, e a gente em horario de verão.
Mas pouco a pouco vou voltando a ativa.
Bora mudar essas bolinhas djá! (em setembro to mais free, e te dou um help se precisar!).

a gente vai se falando! vamo que vamo!

beijao

Ministério da saúde disse...

Não conseguiu vacinar seu filho? A vacina contra a paralisia infantil ainda está disponível em toda a rede pública do país. Vá ao posto de saúde mais próximo e imunize todas as crianças menores de cinco anos. A poliomielite é uma doença grave e não existe no Brasil desde 1989. Vamos ajudar a mantê-la longe das nossas casas!

Mais informações: comunicacao@saude.gov.br ou www.formspring.me/minsaude

Lud Aquino disse...

Oi, gostei mto do seu blog. Eu sou - Era - estudante de Arquitetura, mas resolvi deixar pra mais tarde pra poder cuidar em tempo integral do meu filhote (de 1 ano). M sentia sempre um pouco culpada por ir trabalhar e coisa e tal, mas esta campanha do grupocria m ajuda e inspira!!!! Q bom q vc consegue cosiliar filho, carreira...
Bjus e até o proximo post.

Ministério da saúde disse...

Olá!

Você sabia que a Doença Falciforme é uma doença hereditária e que foi diagnosticada pela primeira vez há 100 anos? A anemia crônica e crises dolorosas em ossos, músculos e articulações podem ser um sinal da existência dessa doença, diagnosticada pelo Teste do Pezinho ou por exames de sangue. A descoberta do diagnóstico da Doença Falciforme começou há um século. A sua pode começar agora. Saiba mais em: http://bit.ly/9CJMlV

Para mais informações:
comunicacao@saude.gov.br
www.formspring.me/minsaude

Ana Paula Cavalari disse...

simplesmente AMEI!!!!!!!

Ministério da saúde disse...

Olá blogueiro,

Dê ao seu filho o que há de melhor. Amamente!

Quando uma mulher fica grávida, ela e todos que estão à sua volta devem se preparar pra oferecer o que há de melhor para o bebê: o leite materno.

O leite materno é o único alimento que o bebê precisa, até os seis meses. Só depois se deve começar a variar a alimentação.

A amamentação pode durar até os dois anos ou mais.



Caso se interesse na divulgação de materiais e informações sobre esse tema, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br

Obrigado pela colaboração!

Ministério da Saúde

Direto do Útero disse...

Olá!
Essa campanha é mesmo linda...
O meu filhote ainda não chora prá ficar na escolinha, ainda é pequenininho prá isso, tem só 8 meses...
Mas eu também vou chorar com ele, além de sair correndo do trabalho para buscá-lo: eu também sou mãe de verdade!
Beijo Enorme e estou te seguindo!
Dani

Tatiana Bonotto Cake Designer disse...

Estou passando aqui para dizer que estou fazendo um sorteio de BOLO CENOGRAFICO infantil.


Parcipem!!!

www.tatidesignercake.blogspot.com

Genis disse...

Vc é meu seguidor lá no blog Mamãe de Primeira Viagem e tô agora te convidando a conhecer o meu outro blog. Quem sabe vc num gosta e descubra algumas coisas em comum comigo??
Passa lá! http://blogdagenis.blogspot.com/
Um super beijo. Genis.

Coisa de mãe disse...

Thaís, estava precisando mesmo desse consolo. Pois é, eu também sou mãe. Posso publicar essa campanha no meu Coisa de mãe?