quarta-feira, 13 de maio de 2009

NÓIA DE MÃE 1



Hoje Caio dormiu super cedo. Sete horas já estava na cama, capotado. Pensei: delícia, vou aproveitar para dormir cedo também, tirar o atraso. E quem disse que eu consigo?

Bastou sobrar um tempinho à noite que eu já fico me sentindo tão soltinha que quero fazer tudo que não dá tempo normalmente: tomar um banhão demorado, namorar o maridão, bater um papo sossegado com a sogrinha querida que está por aqui nos dando uma força, falar ao telefone com tranquilidade, escrever no blog, ler os blogs preferidos, um bom livro ou uma revista, assistir uma tevezinha que não sou de ferro, tirar o atraso do trabalho, responder emails, etc etc etc...


Obviamente, tudo isso dura pouco, pois ultimamente, quando ele dorme assim tão cedo, dali umas duas horas acorda querendo mamar... E aí eu fico me martirizando porque eu devia ter ido dormir junto com ele, para descansar mais, já fico pensando nas noites difíceis dos últimos tempos, e acabo nem curtindo meu tempinho livre...

Parece coisa de louco, né? Também acho. Mas essa é uma das minhas "nóias de mãe", quase incontrolável. Bem que estou tentando melhorar, relaxar mais, não querer fazer tudo de uma vez nesses momentos e nem ficar me forçando a dormir sem ter vontade.

Sei
... o papo tá bom, só que agora tenho que ir, pois já estou perdendo preciosas horas de descanso. Rá.

[aqui um texto ótimo da
Nau sobre esse assunto, que li nos primeiros meses da gravidez e me identifiquei completamente]

Imagem: www.fotosearch.com.br

10 comentários - clique aqui para comentar:

Renata disse...

Ai, como te entendo. Ao mesmo tempo que quero ficar acordada pra fazer mil coisas que eu não consigo com ele acordado, fico sofrendo porque estou perdendo horas de sono e, afinal de contas, eu não sei como vai ser a noite...
rsrsrs!
beijinho e melhoras. Falta muito pra tirar o gesso?

Dani disse...

Thais: aqui em casa também é igual. Exemplo: na última terça-feira, depois que a Nina dormiu (já eram quase 22:00) eu queria dormir junto, mas, também queria: me depilar, lavar a louça do jantar, ver "O aprendiz", tomar banho, passar creme, conversar no msn com meus cunhados que moram em Cingapura, arrumar meu guarda-roupa, e mais um monte de outras coisas!!! Daí que Nina chorou perto das 23:00 da noite e acabei não fazendo nada direito! Ufa! Que sufoco né!

Taís Vinha disse...

Oi Xará, nóia de mãe é o sentimento mais comum de todos. A gente nunca sossega. Mil beijos e mantenha o bom humor.

Taís

P.S: adorei a frase que vc publicou no post anterir. Não a conhecia. Vou lembrar sempre dela.

JULIANA disse...

Ai que aqui eu tô igualzinha!

Rebeca disse...

Mas dormir às 19 também ninguém merece, né? Melhor noiar e ir dormir às 21 : )

Solange Maia disse...

Gostei de ter vindo aqui e conhecido seu blog. Sou mãe de uma delícia de 4 anos e o que posso dizer ? É a melhor coisa do mundo mesmo....
Adorei o jeitinho com que escreve a vida, ver sua familinha feliz, a homenagem a seu pai, ao 1° aniver do filhão.... quanta energia boa ! Salve, salve !!!!
Parabéns !

Beijo,

Solange Maia

Quando puder visite meu “Eucaliptos” :

http://eucaliptosnajanela.blogspot.com

Isa disse...

Ai ai ai... Vontade de fazer tudo ao mesmo tempo, né? Sou igualzinha...E a gente ainda escreve blog. Tudo maluca!! bjo e adorei sua vista.

Thaís Rosa disse...

hahaha! bom saber que a nóia não é só minha!
pior que não consigo nem dormir às 9 rebeca, é sempre mais de 10...
mas vamos que vamos!
bjs

Nádia disse...

Adorei o texto Thaís!!! Bom saber que todas nós estamos assim aprendendo, amadurecendo, ganhando, perdendo... Olha, posso dizer que depois do 1o ano já me sinto mais livre, mas já estou com vontade de começar tudo de novo, rsrsrsrsrs... Coisa de mãe!Bjos!

Mãe da Elisa disse...

Olá Thais, gostei de conhecer seu blog e voltarei mais vezes. Você também está convidada a conhecer o meu, ok? Quanto a essas nóias, também sou cheia delas, e acho que é super normal. Agora, mesmo, estou me cobrando porque ainda não fui dormir, e amanhã pulo cedo da cama, ainda será quarta-feira, e terei trabalho também no final de semana... Mas ah meu Deus, se não tiver uma diversão, quem é que sobrevive??? Blogar já é bom, sobre nossos bebês então, é irresistível! Abs...