segunda-feira, 16 de abril de 2012

DA SÉRIE: COISAS DE QUE NÃO ME ORGULHO COMO MÃE (1 de infinitas)

Neste sábado, Caio cantou parabéns contra sua vontade. As pessoas já estavam todas em volta do bolo, esperando. Ele não queria, chorou e tudo, eu e o pai o "convencemos" com aquelas voltas que só os pais sabem dar em seus próprios filhos. Cantamos, ele deu poucos sorrisos, apagou a vela com uma bexiga (perigo!), chorou quando o tio quis abraçá-lo (e estourou suas esculturas de bexiga), mas em pouco tempo estava novamente brincando animado pela festa. 

Depois, me arrependi. Teria sido tranquilo dizer às pessoas que não haveria parabéns, cortaríamos o bolo e tudo bem. Pra que "convencê-lo" de algo que ele não queria - e não precisaria - fazer? Já era tarde demais para este aniversário, mas não para os próximos. No dia seguinte, na deliciosa curtição pós festa, perguntei porque ele não queria cantar parabéns. Ele disse: "Ah, porque não gosto, mamãe". Eu ainda tentei: "Mas é legal, todo mundo feliz em volta de você... Porque você não gosta?" Ele: "Ah, porque não. Prefiro o bexigão". Rá! (pra quem não sabe, é aquela bexigona cheia de tranqueira que estoura na cabeça da criançada, que sai desesperada catando o que vê pela frente...).

Fiquei lembrando dos meus próprios aniversários, e da vergonha que eu sentia na hora do parabéns (sinto até hoje, ainda bem que há muito tempo não passo por isso): nunca gostei daquele povo todo concentrado em mim, é uma das coisas para a qual sou tímida. Daí conversei com marido, e ficou decidido: não quer cantar parabéns, não vai cantar. Simples, como deveria ter sido no sábado. A decisão amenizou minha culpa por tê-lo feito passar por aquilo sem estar a fim, mas a situação continua encabeçando minha lista das (milhares de) coisas de que não me orgulho como mãe, e tá aqui esse post pra não me deixar esquecer.


14 comentários - clique aqui para comentar:

Pati Alves disse...

Refletiu e tomou a decisão acertada. Erros sempre vamos cometer, mas temos q aprender com eles e tentar evita-lo e e' o q vc esta fazendo. Parabéns pela reflexão e decisão acertada.

Karen disse...

Taí uma coisa que minha filha mais velha também não curte - os parabéns... Mas confesso que costumo obrigá-la a ficar paradinha escutando. Algo a ser mudado! Sabe que nunca tinha parado pra pensar nisso?

Dani Garbellini disse...

Lindona, é tão difícil fugir do pré-estabelecido socialmente! Ainda mais no momento de pressão! Não se culpe. A beleza está em você conseguir ter esse olhar, ainda que depois, aprender e não ter medo de fazer o que percebe ser o melhor e não o que é imposição cultural.
Ser a melhor mãe para seu filho não é ser perfeita, mas estar aberta a aprender e mudar. Por isso você merece os parabéns!
E o Caio também, né? Quatro anos já, heim? Mês que vem é meu Arthur. Repetindo o clichezão: como passa rápido!!!
E ai, quando vem para Campinas? Está me devendo, heim?
Beijos!

Paloma, a mãe disse...

Eu nunca curti, morria de vergonha! Ciça não curte muito, mas aceita. Se for pouca gente, ela adora, mas muita, não. E no último aniversário (na festa que fizemos em BSB), ela detestou. E eu fiquei meio que obrigando também, confesso. Depois do parabéns, ela fica feliz de novo, mas desta vez também também me senti mal de ver que ela não curtiu. A sorte é que não faremos mais festas grandes, em outro país, a vida fica muito mais simples.
Beijos

Só para Mamães disse...

Olá Thaís.
É pelo jeito eu vou passar por isso também.
Para ser sincera eu tbm nunca gostei de cantar parabéns, tinha vergonha... mas...
Adorei o seu cantinho, ja me tornei seguidora.
Eu também tenho um cantinho, ainda bem novinho, mas quandu puder me visite.
http://blogsosparamamaes.blogspot.com

Beijos

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil! - disse...

VejaBlog
Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
http://www.vejablog.com.br

Parabéns pelo seu Blog!!!
- Aprendiz de Mãe -

Você continua fazendo parte da maior e melhor
seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está entre
os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item: Blog

http://www.vejablog.com.br/blog

- Os links encontram-se rigorosamente
em ordem alfabética -

Pegue nosso selo em:
http://www.vejablog.com.br/selo

Um forte abraço,
Dário Dutra

http://www.vejablog.com.br
....................................................................

Mari Mari disse...

ninguem gosta de cantar parabens, ninguem gosta de ser cantado parabens. a gente podia fazer algo mais sutil: bota a xuxa cantando parabens no alto falante (detesto a xuxa, mas serve pra alguma coisa, nao?), daí todo mundo percebe que é hora do bolo e ja sai distribuindo o bolo com docinho. porque, afinal de contas, nao é o "cantar parabens" que comemora o aniversario, mas a festa em si. nao é verdade?

Isabela Kanupp (Kira!) disse...

Se a gente for parar para pensar o parabéns é uma coisa MUITO tosca! Porque é muito constrangimento, é como você mesma falou a gente lembra dos nossos aniversários e de como era horrível ficar aqui, todo mundo olhando para a gente!

Vou aderir essa! rs

Beijos

www.parabeatriz.com

Patrícia Boudakian disse...

Thais, querida, eu morro de vergonha até hoje quando cantam parabéns para mim. E mais, morro de vergonha alheia pelos outros e de cantar para os outros tb.

hahahahaha!

Doidja assumida.

beijos saudosos, amada!

www.foradocasulo.wordpress.com disse...

Oi, mexendo um pouco nos blogs cheguei até o seu hoje. Gostei do texto e realmente é algo para refletirmos. Porque seguir convenções só para agradar os outros se não nos agrada? Eu particularmente adoro aniversário com tudo que tem direito, Maridão não gosta. Tenho que respeitar, apesar de acha absurdo alguém não gostar do próprio aniversário. Enzo ainda não completou 2 anos, mas se nas próximas festas não quiser parabéns, não terá. Simples assim! Mas só pensei sobre isso após ler seu post. Talvez, se fosse pega de surpresa, teria agido como você fez também.
Bj
Adri
www.foradocasulo.wordpress.com

Ostra disse...

me lembro qdo a minha pequena tinha essa idade, q saudades :) Também nunca gostou de parabens, mas por algum motivo adoro presentes rsrsrs

não sei se interessa, mas no meu blog toda segunda tem textos sobre educação financeira para crianças, se desejar dá uma passadinha por la´
beijos

Mariana - viciados em colo disse...

Oi Thais!
Para mim esta é a diferença entre culpa e responsabilidade! Ao invés de se martirizar, vamos assumir a solução. Pronto! Muito mais produtivo... Enfim: também morro de vergonha dos parabéns... nunca sei se bato palma e canto junto, se sorrio, se faço macaquice, se danço ou se me enfio debaixo da mesa...
Beijoca

Denise disse...

Parabéns pelo blog. Adorei esse post!!! Rolou uma superidentificação!
:-)

Iolanda Lopes disse...

Minha pequena também não curte o parabéns e nem aglomerações humanas. Eu demorei mais que vc para tomar uma decisão, após o quarto aniversário, me convenci, e no próximo ano, vamos viajar...

Muito bom ter falado sobre esta questão - do que não nos orgulhamos como mãe - a gente vai aprendendo.

Quero também te convidar para a promoção que está rolando lá no blog.
Se puder, ficarei feliz com sua participação.

http://verdadesdemae.blogspot.com.br/2012/11/promocao-sorteio-caderno-de-mensagens.html

bju