sexta-feira, 22 de julho de 2011

BENVINDA, LUNA!


Alegria nunca é demais. E a alegria trazida por bebês, então...

Pois na última quarta, dois meses e cinco dias depois de virar mãe de dois, virei também titia por parte das minhas irmãs (já tenho outros sobrinhos/as filhos dos meus cunhados)!!! Minha irmã do meio deu à luz sua linda menina Luna, que chegou de surpresa em plena lua cheia, mais de um mês antes do previsto, abalando nossas estruturas e reafirmando minha certeza de que a maternidade/paternidade nos conecta definitivamente com o imprevisível da vida!!

A pequena resolveu nascer com 34 semanas e meia de gestação, dando um susto em todos, antecipando dois signos e transformando os planos de seus pais de realizar um parto domiciliar. Após pouco mais de um dia de bolsa rota, um trabalho de parto a jato e natural (assistido por uma médica especial) e a pequena estava nos braços de seus pais... mais um bebê vindo ao lado de cá do mundo sorrindo, recebido de forma digna e aconchegante. A pequena nasceu super bem, grandona, prontinha. Todos médicos que a viram quase não acreditaram que fosse prematura! Uma verdadeira benção, mistérios da vida.

A emoção que senti acompanhando tudo à distância foi tão intensa... a ansiedade ao saber da notícia da bolsa rota prematuramente,  ao acompanhar as angústias da minha irmã sobre qual seria o desfecho do nascimento e as decisões que ela e o marido teriam que tomar ao longo do processo para garantir que essa passagem (da mãe e da filha) acontecesse da melhor maneira possível, a expectativa sobre a indução já marcada e, por fim, a notícia, logo nas primeiras horas da manhã, de que o trabalho de parto havia engrenado antes que ela fosse necessária e que eu já era titia... Tudo isso me invadiu de tal forma, foi tudo tão inesperado, que chorei como uma criança quando soube do nascimento... Caio me olhava e dizia, mamãe, porque você está chorando? E eu: de alegria filho, sua priminha nasceu! E os olhinhos dele brilhavam e sorriam junto comigo. Que delícia. Que vontade louca de estar perto deles...

treinando com os sobrinhos!

Luna, querida, seja muito benvinda na nossa família! Você chegou  abalando, menininha, já vi que vai dar o que falar!!! Vai ser bom demais ter você brincando com meus filhotes, trazendo pra muito perto deles o universo feminino! Caio está doido pra te conhecer, mas ainda insiste que você se chama Maya...

Sil, que alegria ver você trilhando seu caminho rumo à maternidade, buscando o melhor pra você e pra sua filhota! Você foi muito guerreira e muito serena, ADMIRAÇÃO total, lindona!!! Conte comigo pro que precisar nessa nova fase! E parabéns pelo aniversário, que presentão, hein!

Cacá, obrigada por ser tão parceiro da Sil, e bancar com ela todas essas escolhas iniciais. Foi lindo te ver nas primeiras horas cuidando da Luna e ver sua feição transformada em pai pelo skype...

Parabéns pra vocês, e logo mais estaremos aí!!!


7 comentários - clique aqui para comentar:

Tathyana disse...

Que delícia, Luna seja benvinda. Me lembrei do nascimento do meu rafa há quase 1 ano, que tmb resolveu chegar antes da hora e nasceu prematuro de 35 semanas. semana que vem faz 1 ano...ai ai. Bjssssssss nas família toda, em vc e nos pois pequenos.

Dani disse...

De fato: um filho nos conecta com o imprevisível.

Coisa mais linda ver essa tia babando.Que a Luna seja muito bem vinda e que seja muito feliz.

Beijo

Avassaladora disse...

Thaís quando Gui nasceu me disseram uma coisa em que eu acredito muito: não adianta programar muito, o bebê nasce a hora em que ele está preparado, e a Luna já estava! Parabéns!!!!

Patrícia Boudakian disse...

Chorei junto querida. Ai ai quanta emoção e QUE BOM que ela chegou a esse mundão-de-meu-deus de forma natural e sua irmã pode se entregar a tamanha plenitude.
Mil vezes parabéns. Se tornar tia, assim da sobrinha parida pela irmã, é sem dúvida muito especial.
Um beijo!

Mãe de Duas disse...

Que delícia ser tia, mesmo à distância! Parabéns à família que não pára de crescer!
Bjos
Priscilla

Sílvia Rosa disse...

Nossa e eu to aqui me afogando em lagrimas! Que lindo Tha! Obrigada por colocar com palavras tao bonitas tudo isso que estamos sentindo desde a bolsa que se rompeu até agora, em que as fichas vão caindo pouco a pouco e as emoções despertando todas, uma a uma, dia a dia.... amamos muito você! nós três!! bjs Sil

Claudia Petlil disse...

Que lindooooo!!!!
Fiquei tao emocionada con este post... Poder sentir o que minha amiga tao querida de infância passou foi muio especial...!! Obrigada, Thais!!
Bjs