terça-feira, 10 de maio de 2011

DOS MOMENTOS QUE MERECEM SER REGISTRADOS


Esse dia das mães foi especial. Não o dia em si, mas o momento da minha vida. Grávida, na beirinha de tudo que está por vir, e com um filhote do lado de fora capaz de me proporcionar emoções tão inesperadas e inesquecíveis. Um momento especial, sem dúvida. Um momento em que estou TODA mãe, por dentro e por fora, desconectada de trabalho, doutorado e cia. 

E, na real, acho que meu dia das mães celebrou-se mesmo foi na sexta-feira. Quero registrar aqui pra não esquecer jamais: o primeiro presente de dia das mães feito de verdade pelo Caio para mim, e toda a delícia que envolveu sua entrega.

Estava eu em casa, sozinha, recebendo uma massagem incrível de minha professora de yoga. Um presentão que ela está me dando no fim dessa gravidez. Estávamos no quarto do Caio, quando ouvi ele chegando com o pai. Avisei Katrina para fechar a porta, senão ele viria que nem um tirinho direto  para onde estávamos.

Já no portão escuto o pequeno, para o pai: "a mamãe está aí, a mamãe está aí!" Ao entrar em casa: "Mamãe, mamãe! Papai, cadê a mamãe, quero entregar o presente pra ela!" O pai enrola o pequeno: "a mamãe tá fazendo massagem, jajá ela sai e você entrega" . Dali a pouco, escuto a porta querendo abrir, e o pai intervindo: "só mais um pouquinho filho, vem aqui tocar tambor". E ele: "quero entregar o presente!" Dentro do quarto, eu ria de felicidade em ver a ansiedade dele... e eu que nem estava lembrando do dia das mães!!

Logo a massagem acabou, e saí direto pra encontrá-lo. Ele me abriu um sorriso gigante, e saiu pulando pela casa: "mamãe, tenho um presente pra você! Tenho um presente pra você! Fui eu que fiz, fui eu que fiz!!" E veio me entregar o presente: um cartão pintado por ele, com um saquinho de pano amarrado e dentro um colarzinho feito de tecido e miçangas lindo!!! E o presente foi entregue com direito a uma poesia maluca inventada por ele (que eu só entendi algumas palavras, hehe) e repetida euforicamente, um delicioso abraço e vários beijos. Inesquecível, assim como a alegria dele quando coloquei o colar, e segui com ele o resto do dia.

Desde esse dia me pego lembrando dessa cena, todos os dias, e o colarzinho virou meu "amuleto" nesse finzinho de gravidez. Quero estar com ele no momento do parto. É como se fosse um estoque de amor e alegria que só de colocar já me faz bem, lembrando da simplicidade daquele momento e do quanto é bom ser mãe.

11 comentários - clique aqui para comentar:

Flavia disse...

Lindo!! Lindos os dois... Ele com esse jeito impaciente (ariano do dia 7) de ficar ansioso pra dar o presente logo e você por ver o amor e transforma-lo num amuleto, que boto fé, vai te trazer muita sorte!!

beijo grande queridona!

Paloma, a mãe disse...

Que lindo! Com certeza é um belo de um amuleto. E é claro que vai trazer sorte para todos. Sorte e amor.
Beijos

Pati Alves disse...

Q dia lindo. Parabéns! Essas crianças só nos trazem alegria. Meu pequeno está com 1 ano e 11 meses e não sabe nada sobre dia das mães ainda mas no domingo ele acordou muito feliz e me deu muitos abraços parecia até que ele sabia.
Bjs pra vc epro filhote.

Nine disse...

Lindo Thais! Eu fiquei emocionada com o seu dia das mães! Que fofo! E que bom que você veio aqui registrar, porque apesar de não esquecermos momentos assim, compartilhá-los faz com que o amor viaje longe, longe e espalhe suas sementinhas aqui no Chuí!

Beijos,
Nine

Dani Garbellini disse...

Que gostoso, Thais!
Você está passando por um momento incrível da sua vida, heim?
Amei quando fala que está toda mãe, por dentro e por fora. Que definição boa!
Lindona, curta muitoooooooo essa fase. Amei ter notícias.

Beijos!

Ivana - coisademae disse...

Ai, quase choro! Impressionante como o momento consegue envolver a todos, né? E esse carinho, esse acolhimento, do seu filho com vc nessa reta final da gravidez é mais uma prova de como vocês estão conectados, na mesma sintonia, como o amor está fluindo.


Muito lindo!

Bjos!

Ananda Etges disse...

deve ter sido emocionante mesmo! fico imaginando quando eu receber meu primeiro presente de dia das mães! lágrimas vão rolar... certamente!

beijos, ananda.


http://projetodemae.wordpress.com

Juliana disse...

Que coisa mais meiga, lindo o gesto do seu filhote...Parabéns

Ilana disse...

Que coisa mais linda Thais!
A simplicidade, o amor, entrega de vocês dois aom momento. Lindo!
Bjs

Ceila Santos disse...

Que delícia de história! Não tem nada melhor que filho, né!? Vim aqui pra responder um comentário antigo e velho lá no blog Desabafo de Mãe...talvez até já tenha feito isso, mas enfim...
Só agora dei feedback lá no blog... então, segue o link do livro da badinter: http://www.fiocruz.br/redeblh/media/livrodigital%20%28pdf%29%20%28rev%29.pdf

Estamos pensando em abrir uma roda de leitura via email, topa? Se sim, manda email: ceilasan@gmail.com

BLOG DA BIA disse...

Como não se emocionar? =}
Foi meu 1o. Dia das Mães com o bebezinho no colo, eu nem cabia em mim!!! Um abraço,
Abimara - luardabia.blogspot.com