sábado, 20 de novembro de 2010

TRAVESSURA E POESIA NO COTIDIANO


Duas historinhas de felicidade simples desta semana...

A TRAVESSURA


Fomos ao shopping, eu e Caio, comprar um presente pro papai. Coisa rara, raríssima, esse tipo de passeio aqui em casa. Combinei que iríamos comer, comprar o presente e só depois brincar nos carrinhos daquela infernal "brinquedolândia" ou sei lá qual o nome. Caio foi um fofo, apesar do primeiro impulso de disparar correndo em direção aos carrinhos, se comportou super bem, comeu, esperou pacientemente eu escolher o presente. Passou reto pelo papai noel: ele tem medo do velhinho e ponto, não há balinha que o convença (thanks god). E, finalmente, chegamos ao parquinho high tech.

Das outras poucas vezes que estivemos lá, ele sentava nos carrinhos e ficava se divertindo com a direção, eu não gastava um tostão. Numa última vez, com o pai, ele quis ir em um brinquedo que precisava pagar, mas estávamos de passagem, e o dissuadimos. Então, nesse dia, resolvi liberar: adquiri um cartão e coloquei créditos suficientes para 3 brinquedos (moderna a coisa, nem acreditei!).

Primeiro ele quis ir numa espécie de carrossel de carrinhos. Foi, curtiu, deu tchauzinho e logo ficou com medinho: o negócio girava muito rápido! Resmungou, a menina parou o brinquedo e, muito gentil, disse que ele poderia ir em outro sem pagar, me mostrou a piscina de bolinhas (que eu nem sabia que tinha). Caio não quis ir, preferiu o pula-pula, mas desde que eu entrasse com ele. Fiquei sentada numa plataforma ao lado da camona elástica, enquanto ele ia perdendo o medo de pular. Ele gostou tanto que quis ficar por três sessões, o que equivaleria a todo o crédito que nós tínhamos. Mas outra mocinha, também muito gentil, me cobrou apenas duas, dada a alegria do moleque.

Demos uma passadinha no bibi que ele tanto curte (e que é de graça) e consegui tirá-lo daquele espaço de fazer doidinhos. Parei numa vitrine para dar uma olhada, e ele descobriu, nos fundos da tal brinquedolândia, a piscina de bolinhas, e quis porque quis voltar. Pois voltamos, com a condição de que em seguida iríamos embora. Afinal, eu ainda tinha um crédito.

Quando fui tirar o sapato dele, a mocinha falou: pode entrar para colocar ele na piscina, você fica ali do lado. Maravilha, já que o Caio não gosta muito de ficar brincando sozinho e eu poderia ficar do lado de fora interagindo com ele. Mas, uma vez lá dentro, ele começou: "vem tá, mamãe, enta ati!, vem bintá tomigo!" E eu: "a mamãe não pode filho, sou muito grandona". Ele já tinha até se convencido, quando a mocinha falou: "Pode entrar com ele!"

Não acreditei: "Posso???" Ela confirmou. Não tive dúvidas, tirei o sapato e mergulhei, barrigão e tudo, na piscina de bolinhas!! Gente, era um sonho antigo, pensei que nunca ia realizar!!! Rá!! Caio quase pirou, né, brincar na piscina de bolinhas com a mamãe? Bom demais pra ser verdade! Ficamos um bom tempo ali nos esbaldando, mergulhando, nos jogando pra trás, jogando bolinhas pra cima, pura terapia anti-stress!!! Saí de lá livre-leve-solta, feliz da vida, e o filhote também. Uma bela compensação por aturar aquela barulheira eletrônica toda. E uma travessura pra ficar na memória.


POESIA



Caio entrou numa fase muito muito legal: agora que já domina suficientemente bem os códigos da linguagem falada, começou a articular idéias, criar histórias, inventar mundos. Está apenas começando, mas é maravilhoso, eu me encanto a cada dia. Como ontem, na pracinha onde fomos após a escolinha. Estávamos andando em direção à banca de revistas, de mãos dadas, quando ele me solta essa:

- Mamãe, olha, eu tô no mai!

E a mamãe, com toda sua adultice, não entendeu de cara: - No mar, filho???

- É, mamãe, no mai! Eu tô pulando a ondinhas!!!

Aí caiu minha ficha: a calçada era "estilo copacabana", grandes ondas de mosaico português. Caí na gargalhada, entrei na brincadeira com ele, e imaginei que Burle Marx ficaria orgulhoso do meu filhote. Mas não mais que eu. Rá!

14 comentários - clique aqui para comentar:

Dani Garbellini disse...

Que delícia, Thais!
Fiquei imaginando Caio, você e barriga na piscina de bolinhas.
Isso é ser feliz.

Ah! Como leio tudo que você escreve, mas no reader, só agora vi a nova cara do blog. Está lindo! Parabéns!

Beijos!

Flavia disse...

Ai tambem sou super fãnzoca de piscina de bolinhas, mas do lado de cá, acho que não rola mesmo entrar...

delicia, hein?

E você com todo gas nesse primeiro trimestre, hein? invejei!
hehehehe


beijo

Dani disse...

Ai que delícia!!

Eu sempre amei a piscina de bolinha, nãoa credito que vou poder curtir de novo com o filhote!! kkk

Bjinhos

Dani disse...

Fiquei com vontade de pular na piscina de bolinha...hum...acho que é desejo de grávida?!
Travessura prá lá de boa essa, heim Thá!
E me encantei com essa do mar...já te disse...esse Caio tem talento!
Bj!
Dani

Ilana disse...

Piscina de bolinha é divertido à beça, mas pula-pula... meu sonho infantil!
Será que vou achar um brinquedo assim pra ira junto com o Rapha?
Beijos
Ilana

Nine disse...

Guria, vc realizou um sonho meu! Morro de vontade de brincar em piscina de bolinhas!

Beijos, Nine

Sílvia Renata disse...

Vou contar um segredinho (que a mulher do salao de festas nao leia) no outro dia em que aconteceu a festa de 1 ano do Dudu, voltei ao salao com uma amiga pra verificar se tinha ficado alguma coisa por la, e pra nossa alegria o que estava la dando sopa? A piscina de bolinhas e o pula pula, RA nao pensei nem meia vez, pulei ate (mentira, nao aguentei pular minuto) kkkk foi o maximo, minha amiga e eu nos esbaldamos... RÁ

Shilola disse...

:D
Que Delicia!!!! :D
1º uma piscina de bolinhas... Mãe e filho... Affeeeee, não me aguento!
2º coméquepode??? Ele realmente tava no mar!!! :D
Que sucesso!
;)
Bjocas,
Carol

Andrea disse...

Ah menina,
Essa fase é tão linda, estou aproveitando ao máximo com o meu pequeno. Ainda espero que um dia eu dê essa mesma sorte de encontrar uma piscina de bolinhas dando sopa, eu não pensarei duas vezes, vai ser logo tchibum!

Sarah disse...

Oi Thaís! Nem lembro como cheguei aqui, mas adorei!! Tenho um menininho também, está começando a falar agora, achei muito fofo o Caio "pulando ondinhas"! :P
Vou te linkar e seguir para voltar mais vezes, tá?
Ah, e parabéns pelo segundinho!
um beijo!
Sarah
http://maedobento.blogspot.com/

alimentação complementar disse...

Olá mães
Nos somos alunas de nutrição e estamos desenvolvendo um blog sobre alimentação complementar para ajuda-las em duvidas que possam ter sobre o assunto.
Quem estiver interessada em saber um pouco mais fale conosco aceitamos sugestões pois estamos começando ainda
bjus

JULIANA disse...

Eu tb quero ir na piscina hahahaha!
Heitor tinha medinho delas até outro dia! agora que está indo!
Já no pula pula fico rezando de tão kamikaze ele é!
Põe foto do barrigão!!!

Cynthia Santos disse...

Aaaaii, meu sonho de consumo, mergulhar numa piscina de bolinhas! Quando elas surgiram na face do planeta, eu já era "cavalona", ficava babando, vendo minha irmã mais nova se esbaldar...eheheheh

Pri www.meu-nino.blogspot.com disse...

A gente reaprende a ver a poesia do dia a dia com eles...não é uma delicinha?
Beijos

Pri
www.meu-nino.blogspot.com